Michael Phelps


Michael Fred Phelps II (Baltimore, 30 de junho de 1985) é um ex-nadador norte-americano. Anunciou sua aposentadoria após participação nos Jogos Olímpicos de 2012, a terceira Olimpíada de sua carreira.

Considerado um dos maiores atletas de todos os tempos, já quebrou trinta e sete recordes mundiais e conquistou o maior número de medalhas de ouro (oito) olímpicas em uma única edição, feito este realizado nos Jogos de Pequim, na China, em agosto de 2008. Diante de seus resultados, Phelps superou as sete medalhas de ouro do compatriota Mark Spitz conquistadas nos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972.

Ao obter a sua 19ª medalha olímpica nos Jogos de Londres 2012, tornou-se o atleta mais medalhado da história dos Jogos Olímpicos, batendo o anterior recorde que pertencia a Larissa Latynina, ginasta da União Soviética, que detinha um total de dezoito.

Ao ganhar a prova dos 200 metros estilos, nos Jogos Olímpicos de 2012, tornou-se o primeiro nadador do mundo a conquistar o titulo olímpico, três vezes consecutivas na mesma especialidade a nível individual, feito que já tinha realizado em prova colectiva, a estafeta 4 x 200 metros livres.


Vida pessoal

Phelps nasceu e se criou em Baltimore no estado de Maryland nos EUA, estudou na escola Rodgers Forge e se formou na Towson High School, em 2003. Seu pai, Fred Phelps, trabalha na Polícia do estado de Maryland e sua mãe, Debbie Davisson Phelps, é diretora de uma escola. Seus pais se divorciaram em 1994. Phelps, tem duas irmãs mais velhas, Whitney e Hilary. As duas também são nadadoras, sendo que Whitney ganhou o ouro nos Jogos Olímpicos de 1996 em Atlanta na prova 4x200m Livres.

Em sua juventude, foi diagnosticado que Michael Phelps tinha Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH). Ele começou a nadar aos sete anos de idade, partindo da influência das irmãs nadadoras que ele tem. Ele se destacou como um excelente nadador, e quando tinha 10 anos de idade, ele quebrou o recorde nacional de natação para a idade dele. Enquanto crescia, Phelps ia quebrando recordes para sua idade e, aos 15 anos se classificou para as Olimpíadas de 2000, em Sydney. Em Novembro de 2004, quando tinha 19 anos, Phelps foi preso por dirigir alcoolizado em Salisbury, Maryland. Phelps ganhou liberdade condicional até o julgamento, que foi considerado culpado com pena de 18 meses de serviços prestados à associação Mothers Against Drunk Driving ("Mães contra Alcoolizados no Volante"), e a pagar 250 dólares por mês, durante os 18 meses. Questionado sobre o incidente depois de um mês por Matt Lauer no programa de televisão Today Show, Phelps disse que foi um "incidente isolado" e disse: "definitivamente eu e minha família estamos abatidos… e acho que muitas pessoas do país também estão".

Entre 2004 e 2008, Phelps estudou na Universidade de Michigan, em Ann Arbor, Michigan, se formando em marketing esportivo e gerência.

Características físicas

O nadador tem o corpo particularmente propício para a natação. A proporção da altura de uma pessoa para a medida do comprimento da cabeça até o umbigo é, normalmente, 1,618 (a razão áurea). Michael Phelps apresenta-a superior a 1,7 — tronco longo, linha de cintura baixa e pernas curtas. Ele tem braços excepcionalmente compridos, com envergadura de 2,01m, desproporcionais para sua altura de 1,93m. Seus pés têm 29,8 cm aproximadamente, equivalente a calçados número 48. Além disso, Phelps é portador de hipermobilidade — sua flexibilidade de braços e pernas é comparável à de um bailarino clássico.

De acordo com um artigo publicado em The Guardian, a alimentação diária de Phelps é tal que ele ingere alimentos que lhe dão um aporte energético de cerca de 12 000 kcal por dia, equivalente a cinco vezes a de um homem adulto médio.

  • Altura: 1,93 m
  • Envergadura: 2,01 m
  • Peso: 84 kg
  • Pés: 29,8 cm - Nº48 (BRA)

Jogos Olímpicos

Phelps é reconhecido por seu grande êxito na natação, o que inclui uma extraordinária marca de oito medalhas nas Olimpíadas de Pequim em 2008, sendo todas de ouro (100m e 200m borboleta, 200m e 400m estilos, 4x100 estilos e 4x200 livres,200m livres e 4x100m livres), sendo assim o recorde de maior número de medalhas ganhas em uma única Olimpíada, que pertencia a Mark Spitz desde os Jogos de 1980[9]. Seus títulos internacionais, junto com seus vários recordes mundiais, fizeram com que ele fosse chamado o Nadador do Ano por quatro vezes, em 2003, 2004, 2006 e 2007.

Sydney 2000

Estreou-se aos 15 anos em Jogos Olímpicos, nas Olimpíadas de Sydney no ano 2000, tendo obtido o quinto lugar na final dos 200m borboleta. Cinco meses após os jogos, aos 15 anos e 9 meses de idade, bate o recorde desta mesma prova, tornando-se o mais novo nadador de todos os tempos a bater um recorde mundial de natação.

Atenas 2004

A posição dominante da Phelps trouxe comparações ao grande nadador Mark Spitz, que ganhou o recorde de sete medalhas de ouro nas Olimpíadas de 1972. Phelps teve a chance de quebrar o recorde de sete Spitz, competindo em oito provas: 200 m livre, 100 m borboleta, os 200 m borboleta, 200 m medley, 400 m medley, 4x100 m livre, 4x200 m livre, e no 4x100 m medley. No entanto, nos 4x100 m livre, a equipe americana só ganhou a medalha de bronze, e Phelps não conseguiu bater o recorde de Mark Spitz, que mais tarde viria a ser quebrado nas Olimpíadas de 2008, em Pequim. No entanto, ele conseguiu oito medalhas em uma Olimpíada, uma proeza só alcançada anteriormente pelo ginasta russo Alexander Dityatin, nos Jogos Olímpicos de 1980 em Moscou.

Pequim 2008


Phelps estabeleceu um novo recorde olímpico, nas competições eliminatórias dos 400m medley. Ele conseguiu a medalha de ouro na final da mesma prova nos jogos olímpicos, só que quebrou seu recorde das eliminatórias por quase dois segundos. Ao final de Pequim 2008, Phelps bateu o recorde de maior número de medalhas de ouro em uma só edição das Olimpíadas, conseguindo oito medalhas de ouro (em todas as finais que participou), assim superando o recorde de sete medalhas de ouro conquistadas por Mark Spitz na edição de Munique 1972.

Londres 2012

Em 2012 torna-se o atleta mais medalhado de sempre da história dos Jogos Olímpicos com um total de 21 medalhas obtidas em três Jogos Olímpicos e o primeiro a ganhar a mesma prova três vezes consecutivas, feito que repetiu por três vezes na prova de estafeta 4x200 metros livres, nos 200 metros estilos e nos 100 metros mariposa.

Vitórias mais disputadas

Em 11 de Agosto, Phelps foi o primeiro a nadar da equipe americana na prova de 4x100m livre, e chegou em segundo com o tempo de 47,51 segundos, 27 centésimos atrás da equipe australiana, colocando assim mais responsabilidade nos outros nadadores de sua equipe (Garrett Weber-Gale, Cullen Jones e Jason Lezak). O final da prova foi dramático, pois os EUA estavam atrás da equipe francesa. Os últimos 50m foram decididos com o americano Jason Lezak, que chegou 0.87 segundos (87 centésimos) a frente do francês Alain Bernard, assim também a equipe americana bateu o recorde mundial.

Em 16 de Agosto, Phelps conquistou sua sétima medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim na prova dos 100m Borboleta, vencendo o americano naturalizado sérvio Milorad Čavić por 1 / 100 segundos (1 centésimo), estabelecendo um novo recorde olímpico de 50,58 segundos. A vitória de Phelps levou a delegação sérvia a um protesto. No entanto, a análise do video feito pela FINA, confirmou a vitória de Phelps por 1 centésimo.

Mundiais de Natação

Phelps conquistou pelo menos 4 ouros em cinco Mundiais seguidos de Natação em piscina longa - Barcelona 2003, Montreal 2005, Melbourne 2007, Roma 2009 e Xangai 2011.

Phelps anunciou que encerraria sua carreira nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, sendo o Mundial de Xangai 2011 seu último disputado.

Em 1 de Abril de 2007, conquistou o sétimo título nos Campeonatos do Mundo, em Melbourne na Austrália, batendo o recorde mundial dos 400 metros, o maior índice técnico do evento. Porém Phelps também quebrou as marcas do 200m livre, 200m medley, 200m borboleta e 4 x 200m livre

Em 30 de julho de 2009, Phelps quebrou o recorde mundial dos 200m borboleta, estabelecido por ele mesmo em Pequim 2008, com o tempo de 1m51s51, no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos disputado em Roma, Itália.

Sydney 2000

Evento
Resultados
Tempo
5º lugar
01:56.50

Atenas 2004

Evento
Resultados
Tempo
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
4:08.26
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
51.25
Medalha de Bronze, Recorde Americano
1:45.32
Medalha de Ouro, Recorde Olímpico
1:54.04
Medalha de Ouro, Recorde Olímpico
1:57.14
Medalha de Bronze
3:14.62
Medalha de Ouro, Recorde Americano
7:07.33
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
3:30.68

Pequim 2008

Data (em Pequim)
Eventos
Resultados
Tempo
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
4:03.84
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
3:08.24
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
1:42.96
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
1:52.03
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
6:58.56
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
1:54.23
Medalha de Ouro, Recorde Olímpico
50.58
Medalha de Ouro, Recorde Mundial
3:29.34

Londres 2012

Data
Eventos
Resultados
Tempo
Medalha de Prata
3:10.38
Medalha de Prata
1:53.01
Medalha de Ouro
6:59.70
Medalha de Ouro
1:54.27

Recordes mundiais de Michael Phelps

(período como detentor do recorde)

Provas individuais:


Como integrante dos revezamentos dos Estados Unidos da América:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
UA-98132943-1