Bundesliga


O Campeonato Alemão de Futebol, também conhecido por Bundesliga, é uma liga profissional de futebol da Alemanha. A liga é a principal competição de futebol da Alemanha e está no topo da pirâmide do futebol Alemão.
Logomarca da Bundesliga, a primeira divisão do Campeonato Alemão
 


A Bundesliga é formada por 18 equipes e todos os seus clubes estão automaticamente classificados para a DFB-Pokal (Copa da Alemanha); o campeão se classifica para a DFL-Supercup (Supercopa da Alemanha).


Um total de 52 clubes já disputaram a competição e o Bayern München é o clube que mais a venceu, com 24 títulos. Com o passar dos anos a competição tem conhecido novos campeões como o Borussia Dortmund, Werder Bremen, Borussia Mönchengladbach, Stuttgart, Wolfsburg e Hamburgo, único clube que disputou todas as suas edições, e que forma com Bayern München e Borussia Dortmund, os clubes alemães campeões da Liga dos Campeões da UEFA, que ainda teve Bayer Leverkusen, Borussia Mönchengladbach e Eintrach Frankfurt como vice campeões.


A Bundesliga foi fundada em 1962 na cidade de Dortmund e a primeira temporada começou em 1963. Sua estrutura e organização, juntamente com outras ligas de futebol da Alemanha, sofreram mudanças frequentes até os dias de hoje.

A Bundesliga foi originalmente fundada pela a Deutscher Fußball-Bund (Associação Alemã de Futebol), mas agora é controlada pela Deutsche Fußball Liga (Liga Alemã de Futebol).

A Bundesliga é a liga que tem a maior média de público do mundo, a que mais leva torcedores aos estádios, é transmitida pela televisão para mais de 200 países, sendo a mais lucrativa da Europa.

História


Fundada em 1963, a Bundesliga teve a primeira edição em 1963/1964 e como primeiro campeão o Colônia, sendo que o primeiro artilheiro foi o famoso Uwe Seeler, do Hamburgo.

Até então, a Alemanha Ocidental não tinha um campeonato nacional no sistema de pontos corridos, mas seis campeonatos regionais (Oberliga Berlin, Oberliga Nord, Oberliga Süd, Oberliga Südwest, Oberliga Südwest Süd e Oberliga West).

O título de campeão nacional era atribuído no final da temporada desportiva (em regra, maio-junho) numa competição menor que reunia os melhores clubes dos seis campeonatos regionais. Por duas vezes, não houve finais: 1904 e 1921.

Na última edição no sistema antigo, 1962/1963, o Borussia Dortmund foi campeão nacional, mas começou por ficar em segundo lugar na Oberliga West (ganhou o Colónia, num campeonato com 16 clubes, no sistema de pontos corridos), mas se qualificou para a fase final. Aí, venceu o Grupo B (B. Dortmund, 9 pontos; TSV 1860 Munique, 6; B. Neunkirchen, 6; Hamburger SV, 3) e seguiu para a final decisiva, frente ao rival Colónia, que ganhara o Grupo A (Colónia, 10 pontos; Nuremberga, 8; Hertha Berlin, 3; Kaiserslautern, 3) No dia 29 de junho de 1963 disputou-se o último título no sistema anterior a Bundesliga: Borussia Dortmund 3 a 1 Colónia, em Stuttgart.


Fatos políticos já se refletiram no campeonato alemão: Durante o agravamento da Primeira e da Segunda Guerra Mundial na Alemanha, o campeonato não foi realizado. O time austríaco do Rapid Viena foi campeão em 1941, no período em que a Áustria esteve anexada à Alemanha Nazista (1938-1945), o chamado Anschluß.

A partir da divisão do país em Alemanha Ocidental e Alemanha Oriental, em 1949, os dois países tiveram campeonatos separados, mas o campeonato de 1948, o primeiro pós-guerra, já havia sido disputado com separação.

A Alemanha foi reunificada ao final de 1990, sendo as ligas reunificadas a partir da temporada 1991/1992. O nome Bundesliga, utilizado desde 1964 para designar o campeonato alemão-ocidental, foi mantido, ao passo que Oberliga, o termo usado para denominar o campeonato alemão-oriental, passou a nomear as divisões regionais da liga unificada.


A Bundesliga é filiada à Federação Alemã de Futebol, assim como a Copa da Alemanha. Seus integrantes fornecem muitos atletas não só para a Seleção Alemã, como também para seleções de outros países, no caso de jogadores estrangeiros.

Alguns clubes tradicionais da antiga Alemanha Oriental perderam força após a unificação. É o caso dos Dínamos de Dresden e do de Berlim, que hoje figuram em divisões inferiores. Os únicos clubes do antigo país que alcançaram com recente frequência a Bundesliga foram o Hansa Rostock e o Energie Cottbus.

O campeão da temporada 2012/2013 foi o Bayern Munique, título este conquistado com seis rodadas de antecedência, após a vitória de 1 a 0 sobre o Eintracht Frankfurt, em Frankfurt, no dia 6 de abril de 2013, com gol do alemão Schweinsteiger aos Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52'.

O clube que ostenta mais títulos de campeão é o Bayern Munique, com 25 conquistas, e o maior artilheiro é Gerd Müller com 365 gols em 427 jogos.


O público da competição é muito grande, alcançando o posto de melhor média de público do mundo, com 42.646 torcedores por partida na temporada 2012/2013.


Cinco clubes alemães tiveram médias acima de 50.000 pessoas por partida, estando entre os onze clubes de maior média do mundo, lista liderada pelo Borussia Dortmund, com 80.558 torcedores por partida e onde consta também com o Bayern, quarto com 71.000, Schalke, sexto com 61.171, Hamburgo, oitavo, com 52.931 e Stuttgart, décimo primeiro, com 50.106.


Entre os 20 primeiros, mais 3 clubes alemães, o Borussia Mönchengladbach é o décimo segundo com 49.557, o Eintracht Frankfurt, décimo terceiro com 48.126 e o Fortuna Düsseldorf, o décimo sexto, com 46.097 torcedores por partida.3

Em 2013, a Bundesliga foi apontada pela IFFHS como a 3º liga mais competitiva, atrás das Ligas Espanhola e Brasileira.

 

Fundadores

Os 16 membros fundadores da Bundesliga são:

Eintracht Braunschweig

Werder Bremen

Hamburger SV

Borussia Dortmund

FC Köln

Duisburg

Preußen Münster

FC Schalke 04

FC Kaiserslautern

FC Saarbrücken

Eintracht Frankfurt

Karlsruher SC

FC Nürnberg

TSV 1860 Munique

VfB Stuttgart

Hertha BSC

 

Primeiros anos (1963-1968)

O primeiro jogo da primeira temporada da Bundesliga foi de 24 agosto de 1963. Em apenas 58 segundos Timo Konietzka fez o gol do Borussia Dortmund no jogo contra o Werder Bremen, o primeiro gol da Bundesliga. Nesse ano o FC Köln se sagrou campeão, assim sendo o primeiro campeão da Bundesliga.


Na temporada seguinte, acontece a primeira grande crise de um time no campeonato. O Hertha BSC foi privado de sua licença devido aos elevados pagamentos aos jogadores, e o clube foi rebaixado para a segunda divisão, em seguida, Regionalliga. Assim os rebaixados Karlsruher SC e FC Schalke 04 recuperaram sua vaga. Posteriormente, o número de equipes foi aumentada para 18 e sujeito à descida por uma temporada. A DFB decidiu adicionalmente receber um clube de Berlim. Contexto político desempenhado para o papel crucial, uma vez que todos os governos federais desde 1949 sublinhou que os três setores ocidentais de Berlim faziam parte da República Federal. Como um substituto para Hertha BSC foi campeão do ano passado e terceiro lugar do Berlin Regional, SC Tasmania 1900 Berlin, aprovado sem qualificação esportiva para a Bundesliga após a Regional Mestre Tennis Borussia havia falhado na rodada de promoção para a liga e Runner- Spandauer SV dispensou a ascensão tinha.


Apesar de uma vitória para a abertura da temporada Tasmânia permaneceu por apenas uma temporada, em 1965, como o pior time da história da Bundesliga novamente e comprovou isso sete registros negativos: ​​menor número de gols marcados (15) maior número de gols sofridos (108) menos pontos (8), menos vitórias (2), maior numero de derrotas (28), menor número de público em um jogo (827) e mais longa série sem vitórias (31 jogos consecutivos). No mesmo ano Borussia Mönchengladbach e o Bayern de Munique eram os dois clubes que dominavam a Bundesliga, e esse domínio durou vários anos. Dos 16 membros fundadores o Hamburger SV foi o único que permaneceu continuamente na primeira divisão da Bundesliga.


Bayern de Munique vs Borussia Mönchengladbach

Devido à fraude em partidas competitivas de rebaixamento, Rot-Weiss Oberhausen e Arminia Bielefeld conseguiu manter-se na Bundesliga. Com o promotor-chefe da DFB Hans Kindermann conduziu investigações verificou que 18 jogos dos últimos oito dias dos jogos na temporada de 1970/71 foram vendidos ou manipulados. Um total de 52 jogadores, dois treinadores e seis funcionários do clube foram punidos. Além disso, os clubes Arminia Bielefeld e Kickers Offenbach tiveram a licença da Bundesliga foi revogada.

O futebol alemão perdeu a sua credibilidade depois disso. Os espectadores decidiram "punir" os clubes com sua abstinência dos estádios. Os índices de audiência eram de fato desde 1965-1966 continuamente em declínio, diminuiu de 6,3 milhões na temporada 1970-71, mas especialmente drasticamente para 5,4 milhões em 1971/72 e em 1972-1973 com apenas cinco milhões a uma média de 16.372 visitantes por jogo. Além do escândalo na época, foram discutidas outras razões para a perda de visitantes, entre outras coisas, a falta de conforto nos estádios e a cobertura televisiva aumentando. Somente após a Copa do Mundo de 1974, a reputação da Bundesliga "ressuscitou". Além disso, as equipes da Bundesliga foram muito bem sucedidas internacionalmente.
 
Borussia Mönchengladbach defendeu com sucesso o primeiro clube do campeonato Bundesliga alemã (1970-1971). As três temporadas seguintes foram conquistadas pelo clube bávaro Bayern de Munique (1972-1974) e, em seguida, Mönchengladbach (1975-1977) o "título hat-trick ", assim como o Bayern de Munique (1971-1973). O Borussia Mönchengladbach teve devido à capacidade de assentos inferior do estádio ao contrário do concorrente bávaro que após os Jogos Olímpicos de 1972 no novo Estádio Olímpico foi movido repetidamente. Assim, ele não é conseguiu ser competitivo no final de 1970.

A maior vitória da história da Bundesliga foi do Borussia Mönchengladbach em 29 de abril 1978 12 a 0 contra o Borussia Dortmund

 Internacionalmente, os anos 1970 foram a década mais sucesso nos clubes da Bundesliga. A cada ano, pelo menos um clube em uma semi-final, três vezes foram campeões da Liga dos Campeões da UEFA (Bayern de Munique 1974, 1975 e 1976 ), uma vez que os Recopa Europeia (Hamburger SV 1977) e três vezes a Liga Europa (Borussia Mönchengladbach em 1975 e 1979 , Eintracht Frankfurt 1980). Além disso, foi mais uma vez chegou à final em cada competição.

 
Norte contra Sul (1979-1990)


Na década de 1980, o número de espectadores caiu nos estádios da Bundesliga novamente. Isto foi devido, entre outras coisas, que o número de estrelas alemãs foram para clubes estrangeiros. A maior transferência foi a mudança a de Karl-Heinz Rummenigge do Bayern de Munique para a Inter de Milão. Através dos sucessos de Boris Becker e Steffi Graf, o interesse público mídia deslocado ao tênis. Embora a Seleção Alemã de 1982 e 1986, chegou à final da Copa do Mundo nas duas ocasiões, suas performances eram menos atraente. Para contrariar esta falta de espectadores por causa de más condições climáticas e porque nos meses de inverno os estádios eram muitas vezes impossível de jogar, de 1986, a pausa de Inverno foi prorrogada para oito semanas.


O Bayern de Munique teve o melhor jogador na década de 1970 lidou bem e foi capaz de construir sobre os recentes sucessos na nova década. A partir de meados da década de 1980, tinham, no entanto, o Werder Bremen para afastar uma nova contraparte do norte. O Bayern de Munique, expandiu seu domínio e provocou a vencer o seu nono e décimo Campeonato Alemão em 1986 e 1987 assim estabelecendo um novo recorde da competição, superando o FC Nuremberg com seus nove campeonatos conquistados (oito deles antes da introdução da Bundesliga). Mas o duelo com o povo de Bremen permaneceu ainda existem alguns anos. Depois de 1985 e 1986, mas quase falhou, Werder Bremen venceu em 1988, pela segunda vez o campeonato e manteve-se forte nos anos seguintes.

Na década de 1980, os clubes alemães duas vezes cada um chegou à finais de competições europeias, Liga dos Campeões da UEFA (Hamburger SV 1983) e à final da Liga Europa (Bayer 04 Leverkusen em 1988). Sempre pelo menos um clube da Bundesliga. Embora até 1984 atingiu as semis-finais de uma competição europeia.


Reunificação e comercialização (1991-1999)


Desde o início de 1990, a Bundesliga novamente apreciado crescente popularidade.  De um lado para o sucesso desportivo da Seleção Alemã (terceiro título mundial em 1990 e terceiro título europeu atribuída 1996), por outro lado, a Bundesliga na mídia foi mercados-alvo.Em 1991. O campeonato disputado 1991-1992, portanto, temporariamente com 20 clubes, quatro dos quais tiveram que descer. Primeiro campeão da Bundesliga após a Segunda Guerra Mundial foi o VfB Stuttgart.

A competição foi consideravelmente mais equilibrada do que em anos anteriores. Cinco equipes diferentes ganharam o campeonato neste período de tempo. Borussia Dortmund foi o resultado dos jogadores da Eurocopa como Jürgen Kohler, Stefan Reuter e Andreas Möller e assim aumentou as rivalidades anos 1990 e virou um dos principais rivais do Bayern de Munique por diante.

Também na década de 1990 clubes da Bundesliga a cada ano, pelo menos, uma semi final europeia. Borussia Dortmund venceu em (1997) a Liga dos Campeões da UEFA, o Bayern de Munique (1996) e Schalke 04 (1997) venceram a Liga Europa e Werder Bremen foi em 1992 vencedor da Recopa Europeia.


Crescimento Futebol (desde 2000)


Desde 2000, o Bayern de Munique venceu nove campeonatos. Os outros campeões foram em 2002, 2011 e 2012 Borussia Dortmund, 2004 Werder Bremen, 2007 VfB Stuttgart e em 2009, pela primeira vez o VfL Wolfsburg.

Imediatamente após o novo milênio chegar os clubes alemães por duas vezes foram a final da Liga dos Campeões da UEFA (Bayern de Munique em 2001 e Bayer Leverkusen em 2002) e uma vez que a final da Liga Europa (Borussia Dortmund 2002 ).

Bayern foi para a final da Liga dos Campeões da UEFA novamente, porém perdeu o títulos para o Chelsea. Na temporada de 2012/13 estavam nas duas competições de um total de nada menos que sete equipes alemãs na fase de grupos, o que é um recorde histórico. Além disso, foi a final da Liga dos Campeões 2013 um duelo entre clubes da Alemanha, entre Borussia Dortmund e Bayern de Munique. Bayern de Munique venceu a final por 2x1.


Sistema de Competição


A temporada começa no início de agosto e dura até o final de maio do ano seguinte, com uma pausa de inverno de seis semanas (meados de dezembro até o final de janeiro). A partir do novo contrato de televisão de 2006, um jogo é jogado na sexta-feira, seis jogos no sábado e dois no domingo.

As dezoito equipes desta categoria se enfrentam entre si, todos contra todos em um sistema de pontos corridos com turno e returno, com trinta e quatro rodadas de dez jogos, totalizando um total de trezentos e quarenta jogos, seguindo um cronograma estabelecido por sorteio. O vencedor de cada jogo tem três pontos, um empate dá um ponto e a derrota zero pontos. A equipe que atingir o maior número de pontos ao final da temporada, será o vencedor da liga.

O campeão ganha o direito de participar da próxima edição da Liga dos Campeões da UEFA, junto com o segundo, terceiro e quarto classificado. O quinto e o sexto participam da Liga Europa da UEFA.

Se o campeão da Copa da Alemanha (que ganha o direito de disputar a Liga Europa da UEFA) se classificar para a Liga dos Campeões, o vice-campeão vai jogar a Liga Europa, independentemente da posição que ocupar no campeonato (joga na Liga Europa, mesmo que caia para a segunda divisão).
Se campeão da Copa se classificou para a Liga Europa, através da liga, e o vice-campeão não teve qualquer competição europeia, o seu lugar está sendo premiado com o sétimo colocado.

Até a temporada de 2011-12, os dois primeiros lugares vão para a fase de grupos da Liga dos Campeões, enquanto o terceiro está classificado para a fase anterior e o quarto classificado para a Liga Europa. A ascensão da Bundesliga para o terceiro lugar no ranking da UEFA (batendo a Serie A) permitiu a ascensão de equipes alemães na Liga dos Campeões.
Os dois últimos (décimo sétimo e décimo oitavo) da classificação cairão automaticamente para 2. Bundesliga (segunda divisão) do ano seguinte, e troca com os dois primeiros da segunda divisão do ano anterior.

O terceiro pior (décimo sexto) da classificação da Bundesliga vai jogar um play-off de promoção com terceiro classificado da 2. Bundesliga. O vencedor terá um lugar na Bundesliga na temporada seguinte.


Patrocínio


Além do dinheiro da televisão, receitas de bilheteira e da venda de artigos de merchandising, a Bundesliga é financiada principalmente através de patrocinadores.

Hoje, a publicidade é uma das principais fontes de renda dos clubes.

Dependendo da atratividade e do sucesso desportivo, diferentes níveis de renda de patrocínio permitem uma lacuna financeira e, por isso mesmo, desportiva, cada vez mais crescente entre os clubes, mas em níveis menores de disparidade do que em outras grandes ligas europeias.


Ligas mais fortes da Europa (UEFA)


A Bundesliga é uma das ligas mais fortes do mundo, e forma junto com a La Liga (Espanha), Premier League (Inglaterra), Serie A (Itália) e Ligue 1 (França) as cinco grandes ligas da Europa. A liga sempre está presente entre os três primeiros lugares, isso graças ao bom desempenho dos clubes alemães na Europa League e na UEFA Champions League, com destaque para clubes como Bayer Leverkusen, Schalke 04, e principalmente para os arquirrivais Bayern Munique e Borussia Dortmund os arquirrivais decidiram a edição da Liga dos Campeões da UEFA de 2012–13.

 

No Rank abaixo as posições do ranking do coeficientes da UEFA (a posição do ano passado estar entre parênteses). As abreviatura CL e EL depois dos coeficientes indicam o número de representantes de cada liga na temporada de 2015/16 da Liga dos Campeões e da Liga Europa.

 

1. Espanha (Liga, Copa) – Coeficiente: 88,025 – CL: 4, EL: 3

 2. Inglaterra (Liga, Copa, Copa da Liga) – Coeficiente: 82,963 – CL: 4, EL: 3

3. Alemanha (Liga, Copa) – Coeficiente: 79,614 – CL: 4, EL: 3

 4. Itália (Liga, Copa) – Coeficiente: 64,147 – CL: 3, EL: 3

 5. Portugal (Liga, Copa) – Coeficiente: 59,168 – CL: 3, EL: 3




Títulos por clube


Bayern München: 25

Nuremberg: 9

Borussia Dortmund: 8

Schalke 04: 7

Hamburger SV: 6

Borussia Mönchengladbach: 5

VfB Stuttgart: 5

Kaiserslautern: 4

Werder Bremen: 4

1. FC Köln: 3

FCL Leipzig: 3

Greuther Fürth: 3

Dresdner SC: 2

Hannover 96: 2

Hertha Berlin: 2

Viktoria Berlin: 2

Eintracht Braunschweig: 1

Eintracht Frankfurt: 1

Fortuna Düsseldorf: 1

Freiburger FC: 1

Holstein Kiel: 1

Karlsruher SC: 1

VfR Mannheim: 1

Phönix Karlsruhe: 1

Rapid Wien: 1

Rot-Weiss Essen: 1

München 1860: 1

Union Berlin: 1

VfL Wolfsburg: 1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
UA-98132943-1