Dicas para jogar Brasfoot


No Brasfoot você comanda um time de futebol, compra e vende jogadores, define o preço dos ingressos, escolhe as táticas e participa dos campeonatos que simulam a realidade.

 O jogo é super leve, e várias temporadas podem ser jogadas de forma rápida e divertida.

 Você é o técnico e o manager do clube. Com isso pode comprar e vender, além de escalar o time, definir a tática e estratégia do time.

 Você pode comandar seu time em campeonatos nacionais, estaduais, Taça Libertadores, Liga dos Campeões, Mundial Interclubes etc.

 Pode também ser chamada para uma seleção, e jogar a Copa do Mundo, Eurocopa ou Copa América.

 O jogo tem um ranking de técnicos e de clubes, nele os melhores técnicos irão competir para ver quem leva o seu time ao topo!

 O visual do jogo é simples, porém moderno, e preza pela leveza, podendo rodar em qualquer computador.

Dicas do autor

O autor deste blog também joga Brasfoot, pois gosto de ser manager. Comecei jogando a versão 2008, joguei até a versão 2011, depois fiquei três anos sem jogar até baixar a versão 2014 e retomando a brincadeira.

Muita coisa mudou desde da primeira versão que o autor jogou Brasfoot, antes não tinha definição qual o lado do pé o jogador tem, não tinha os campeonatos continentais da África e da Ásia. Na versão 2015 tem até categorias de base.

Sempre montei times com 23 jogadores, com três goleiros e dois jogadores por cada posição, um titular e um reserva. Com a definição do lado pé, dos 23 jogadores, 10 jogadores são destros e 10 são canhotos. Os goleiros pode ser tanto destros como canhotos.

Outro coisa que começou a ter no Brasfoot foi a reputação dos clubes que são divididos em: municipal, estadual, regional, nacional, continental e mundial. A minha dica é sempre jogar com times com reputação nacional para cima para poder contratar jogadores de times de reputação continental e mundial.

As equipes que geralmente são de reputação mundial são Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, Manchester United, Chelsea, Milan e Inter de Milão.

A dificuldade de contratar jogadores que atuam em times de reputação mundial é enorme, mesmo que seu time tenha reputação continental o jogador sempre pede um aumento de salário para transferir-se para um clube de reputação menor.

Se você treina uma equipe, por exemplo, dos Estados Unidos ou da China, a reputação do seu clube for nacional, os jogadores de times de reputação mundial se recusar a transferir para seus clube.

Quer treinar uma equipe do fora do futebol europeu, procura as equipes de reputação continental para poder contratar bons jogadores. Outra dica é jogar com mais de um time, é complicado em administra mais de uma equipe. Mas você pode aproveitar um que não é titular em uma equipe maior nível, você transferi o jogador para uma equipe de menor nível e o jogador de destaque na equipe menor você transferi para a equipe de nível maior.

Vou dar um exemplo: você está treinando o Paris San Germain da França e o Shandong Luneng da China ao mesmo tempo e jogadores como Lucas e Cavani não são titulares de sua equipe que é o PSG, você transferi eles para a equipe chinesa e mandar os jogadores de destaque do Shandong com Montillo e Aloísio para o PSG.

Para isso dá certo a força inicial desses jogadores que são reservas no PSG tem que ser boa para que quando eles chegarem no Shandong eles possam serem titulares.

Outra coisa legal do Brasfoot, se você joga um campeonato nacional com duas divisões de 20 times cada, você pode emprestar jogadores para equipes da 2ª divisão para adquirirem experiência e força para poder aproveitar no futuro.

Eu não recomendo emprestar jogadores para uma equipe da mesma divisão que a sua equipe, pois no confronto direto é provável que o jogador jogue contra o seu time.

Sobre os esquemas prefiro o básico 4-4-2 com jogo equilibrado e marcação pesada.

Alguns títulos que o autor conseguiu jogando com times no Brasfoot 2015, por enquanto:

Campeonato Brasileiro: Internacional

Campeonato Gaúcho: Internacional

Copa do Brasil: Internacional

Campeonato dos Estados Unidos: New York Red Bulls

Campeonato Francês: Paris San Germain

Campeonato Alemão: RB Leipzig

Campeonato Chinês: Guangzhou Evergrande

Copa da China: Guangzhou Evergrande

Campeonato Turco: Galatasaray

Copa da Turquia: Galatasaray

Copa da Austrália: Melboune City

Liga dos Campeões da Europa: Paris San Germain e Galatasaray

Liga Continental da Ásia: Yokohama Marinos - JAP

Mundial de Clubes: Galatasaray

Copa América: Uruguai e Brasil

Eurocopa: Portugal

Recopa Europeia: Galatasaray


A vantagem de jogar Brasfoot é que se você gosta de jogar com times de países poucos tradicionais no futebol, tipo China, Arábia Saudita e África do Sul, é uma diversão total. É fácil baixar o jogo e existem muitos sites especializados sobre Brasfoot onde você consegue o registro do jogos, narrações e patches dos campeonatos para brincar de manager.

Além do Brasfoot, eu recomendo jogar o Cartola FC e carreira de manager no FIFA ou se preferir o rumo ao estrelato do PES.

Fico pensando se eu teria sucesso de ser manager de verdade, por enquanto é só brinco, mas quem sabe eu não me torno um manager de verdade. Capacidade isso eu sei que eu tenho, o homem nuca pode ser maior do que os seus sonhos!

Nenhum comentário