Violência contra a mulher - eu sou contra!


No último dia 8 de junho, os acadêmicos do curso de psicologia do Centro Universitário Facvest – Unifacvest, realizaram um manifesto contra a violência a mulher no centro de convivência da própria universidade.

Os acadêmicos tiveram a ideia de simular uma cena em que um homem ofendia e agredia uma mulher por conta do ciúme exagerado que ele tinha dela. Os acadêmicos tiveram o apoio do coordenador do curso de psicologia, Gustavo Volaco para que a simulação de agressão pudesse acontecer.

A reitoria da faculdade também permitiu o manifesto, com a condição de deixar claro que era uma simulação para demonstrar como a violência contra a mulher, que está presente em nosso dia-a-dia.

Durante a simulação, os alunos que sabiam do manifesto tomaram a iniciativa de dizer eram contra a violência a mulher. Começou com uma pessoa dizendo era contra a violência, depois esse número foi aumentando até aqueles que não sabiam do manifesto se posicionaram contra aquela cena de agressão verbal e física que estava acontecendo.
Momento da simulação da agressão no manifesto contra a mulher. (Foto: Fábio Severo)

O estudante da 2ª fase de psicologia, Ericsson Andreguetti Bertoni, natural de Vacaria, que fez o papel do agressor disse que essa iniciativa foi bem legal e serviu de alerta para que as pessoas denunciem a violência contra a mulher.

Os números que colocam Lages entre os principais municípios no estado em registros de violência contra as mulheres em Santa Catarina deixaram em alerta os conselhos de direitos da mulher. Somente em 2010, foram registrados 396 casos, número que aumentou para 579 no ano seguinte. Destes, cerca de 90% dizem respeito à lesão corporal e ameaças e têm como causas o uso de álcool e drogas, mas também as questões econômicas e sociais.

Mesmo com a Lei Maria da Penha, que protege as mulheres contra agressões físicas e psicológicas, onde geralmente o agressor é o próprio parceiro da vítima.

Numa sociedade machista onde as mulheres estão adquirindo o espaço que sempre mereceram, tanto em casa como chefes de famílias como no mercado de trabalho ocupando cargos  de chefia, que sempre foram dominados pelos homens. Mesmo assim as mulheres ganham menos que os homens fazendo a mesmo que eles.

Todos nós sabemos que as mulheres são melhores em tudo em relação aos homens, isso acontece porque os homens tem medo de deixar de o macho-alfa da sociedade e por isso têm medo das mulheres.

O que seria do mundo sem as mulheres, pois todos os seres humanos nascem através das mulheres e também precisamos das mulheres para que raça humana continua existindo nesse mundo. As mulheres são maioria no planeta, deve ser por isso que nós homens temos medo delas. Em um futuro não muito distante as mulheres vão assumir o controle do mundo e consertar os erros que homens cometeram desde a existência da humanidade.

A independência das mulheres é um direito delas, precisamos as mulheres e os homens que apoiam o feminismo estejam juntos para enfrentar os machistas que são o mau da humanidade.

VIOLÊNCIA COM A MULHER, EU SOU CONTRA!

Nenhum comentário