Violência no Futebol



O futebol é o esporte mais popular do mundo e também um dos mais violentos, tanto dentro como fora de campo.

Em toda história do futebol, já aconteceram brigas nos quatros cantos, principalmente por parte da torcida. Exemplo disso foi em 15 de abril 1989 na em Sheffield (Inglaterra), no estádio Hillsborough durante o jogo entre Liverpool FC e Nottingham Forest, válido pelas semifinais da Taça da Inglaterra.

Durante a partida, 96 torcedores do Liverpool morreram pisoteados e outros 766 ficaram feridos. Foi o maior desastre do futebol inglês e um dos maiores do mundo. Depois desse fato a federação inglesa de futebol adotou medidas mais severas contra os clubes e suas torcidas, para esse incidente na aconteça novamente.

O Brasil não fica fora dessa triste estatística. Na última rodada do campeonato brasileiro de 2013, no jogo entre Vasco e Atlético-PR disputado em Joinville (SC), torcidas organizadas das duas equipes protagonizaram cenas de selvageria, que acabaram com quatro torcedores feridos. Os dois clubes acabaram perdendo mando de campo e as torcidas organizadas foram proibidas de frequentar estádios.


O que falta é educação por parte dos torcedores. Os jogadores também precisam dar o exemplo, não insinuando a torcida a cometer atos de violências e também praticar o fair play. No futebol ou qualquer outro esporte temos espírito esportivo e aceitar a derrota do nosso time de coração, sem violência, para que haja paz nos estádios.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
UA-98132943-1