Norte da África


Muitos nomes são utilizados para se referir à região norte do continente africano: África Branca, África Setentrional, África do norte e Norte d’África. Essa área, oposta à África Negra (nações do sul), é composta pelos seguintes países: Egito, Líbia, Argélia, Tunísia e Marrocos. Porém, além destas nações, a ONU (Organização das Nações Unidas), através de seu Departamento de Estatísticas, ainda inclui o Sudão e o Saara Ocidental como componentes do Norte da África.

Entre os territórios que formam o Norte da África, todas as nações são membros atuantes da Liga Árabe. Além disso, Mauritânia, Líbia, Argélia, Tunísia e Marrocos fazem parte da União do Magrebe Árabe, que é um tratado de integração e ajuda mútua entre as economias da região.

Antes de ser considerada África Branca, essa região foi originalmente habitada por africanos de pele negra. De acordo com alguns historiadores, isso pode ser comprovado pela presença da arte rupestre difundida no Saara. Somente as áreas do Baixo Egito e do Magrebe eram habitadas por africanos brancos. A prova disso é a utilização dos idiomas camito-semíticos para a comunicação desta etnia.

Após o processo que desertificou o Saara, os negros africanos migraram para a região sul do continente pelas costas ocidental e oriental. Após o período que compreende a Idade Média (entre os séculos V e XV), a região ficou sob controle dos otomanos, com exceção das terras que hoje pertencem ao Marrocos. Ao final do século XIX, França, Reino Unido, Itália e Espanha foram os principais colonizadores da área norte da África, com destaque para as duas primeiras nações.

Com a dificuldade de travessia no território desértico da África do Norte, o intercâmbio com a África subsariana quase não existiu durante séculos. Naquele período, as transações entre as duas regiões eram somente de caráter comercial, realizadas através do rio Nilo e por meio das costas oriental e ocidental. Este panorama perdurou até o início do processo de expansão do islamismo e dos povos árabes.

No que se refere à geografia da região, o Norte da África ocupa áreas como a faixa que segue o Mediterrâneo. O clima da localização é úmido e ameno, sendo que a parcela do sul do território pega parte do deserto do Saara. Localizada em parte do Egito, a península do Sinai encontra-se um uma placa tectônica árabe e, por isso, também faz parte do continente asiático. Desta forma, o Egito é categorizado como uma nação transcontinental do Norte da África.

Nenhum comentário