O fim do Orkut






A partir de hoje, dia 30 de setembro de 2014, a rede social Orkut deixará de existir. Criada em 2004 por Orkut Büyükkökten, engenheiro turco do Google, essa rede social foi muito popular principalmente no Brasil, mas, com o tempo, foi perdendo espaço para o Facebook e o Twitter.



A Google até criou outra rede social chamada Google+, em 2011, para atrair os usuários que migraram para as concorrentes, mas, por enquanto, não está tendo o mesmo sucesso do Orkut.


Não é a primeira vez que uma rede social deixa de existir. Exemplo disso é o Windows Live Messenger, conhecido como o MSN, que desde 27 de maio de 2013 foi descontinuado e substituído pelo Skype, que também por ter perdido espaço para o Facebook.


Um pouco sobre o Orkut


O Orkut até era legal, tinha as comunidades como, por exemplo, “Eu Odeio Acordar Cedo”; e tinha os depoimentos, em que podíamos falar sobre pessoa querida publicamente. No meu caso, eu sempre escrevia depoimentos para os meus amigos, mas recebia poucos e, além, é claro, do bate-papo que era usado para conversar on-line como os amigos.

As desvantagens do Orkut eram que a conta do usuário era facilmente hackeada e também havia vários perfis falsos de pessoas famosas. Até tentaram mudar Orkut criando o Novo Orkut, mas foi pouco aceito pelos usuários.

O Orkut vai deixar saudades! Se você quiser salvar suas fotos e depoimentos, pode migrar para o Google+, mas você deve fazer isso até hoje dia 30 de setembro, senão você perderá todas suas fotos e depoimentos.

Muitas redes sociais vão surgir, exemplo disso é o WhatsApp, que é um tipo de MSN para celular; e Instagram, onde dá compartilhar fotos com seus amigos. Resta saber se o Facebook e o Twitter vão se manter ou se vão ter o mesmo destino que o Orkut, ou se o Google+ vai conseguir desbancar os seus principais concorrentes.

Só o tempo dirá...
 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
UA-98132943-1