Religiões abraâmicas


As religiões abraâmicas são monoteístas e tiveram origem em Abraão (personagem bíblico referido no Livro do Gênesis) ou foram conceituadas em tradições identificadas a ele. No campo de estudo da Religião Comparada, formam uma das três divisões principais junto às religiões da Ásia Oriental e das religiões da Índia (Dharma). Cronologicamente, as três religiões abraâmicas são: judaísmo, cristianismo e islamismo.

Considerada a religião dos que descendem de Jacó, terceiro patriarca da bíblia, o judaísmo apresenta uma leitura unitária de Deus. Para a maioria dos segmentos desta doutrina, o livro sagrado é a Bíblia Hebraica, da qual é feita uma leitura unitária e estrita de Deus.

Criado como uma seita do judaísmo em meados do século I d.C., o cristianismo tornou-se uma religião independente da crença que lhe originou, apresentando suas próprias práticas e credos. Apresenta Jesus Cristo como personagem histórico de maior importância em quase todos os ramos da religião. Ele seria o filho de Deus e sua origem divina está presente na Bíblia Cristã, livro sagrado dos cristãos junto à Sagrada Tradição Apostólica, que apresenta o que Jesus confiou aos apóstolos. O cristianismo apresenta algumas vertentes como a ortodoxa oriental, a católica romana e a protestante.

O islã teve seu surgimento na Arábia durante o século VII d.C., apresentando uma leitura (assim como no judaísmo), unitária de Deus. O livro sagrado seguido pelos muçulmanos é o Alcorão, que foi revelado pelo profeta Maomé através de práticas e ensinamentos.

Os seguidores do judaísmo dividem-se entre reformistas, conservadores, ortodoxos e outros grupos que tem menor quantidade. No caso do Islã, os grupos são os xiitas e os sunitas. Já o cristianismo tem os protestantes, ortodoxos e católicos como três pilares principais.

Além do cristianismo, islã e judaísmo, existem outras religiões abraâmicas como as ramificações xiitas do Islão: os drusos, a Fé Bahá'í, entre outras.

Apesar das leituras diferentes de seus respectivos livros sagrados, todas estas doutrinas têm Abraão como referência. As principais religiões abraâmicas apresentam semelhanças. Acreditam em Deus como origem da lei moral e criador do universo, apresentando na narrativa bíblica praticamente os mesmos lugares, histórias e valores, mas com diferentes nomes, perspectivas, significados e funções. Porém, no que se refere à prática e doutrina, são bem adversas.

Ao longo da história, em várias regiões, os três ramos que surgiram na religião abraâmica entraram em conflito por apresentarem diferentes leituras do livro sagrado. Muitas pessoas morreram e sangue foi derramado por causa das diferentes interpretações.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
UA-98132943-1