Rock In Rio

Desde as décadas de 50 e 60, o público brasileiro sonhava com a vinda dos Beatles e de Elvis Presley, e de vários outros astros da música pop internacional. Segundo Jimi Hendrix, festival de rock era para fazer farra e a indústria de entretenimento descobriu neste estilo de evento um conjunto de oportunidades culturais e de negócios.

O primeiro Rock in Rio, em 1985, trouxe o prelúdio de novos tempos para o show biz brasileiro, antes do Rock in Rio, só recebíamos músicos estrangeiros desconhecidos, decadentes ou tradicionais, como Frank Sinatra no início da década de 80, no Maracanã. No Rock in Rio I tivemos grandes nomes como Iron Maiden, Queen, James Taylor e o fortalecimento de músicos nacionais como Paralamas do Sucesso e Barão Vermelho.
A segunda edição do Rock in Rio, em 1991, diferente da primeira realizada em Jacarepaguá, foi instalada no Maracanã, e teve a participação de bandas que infelizmente ficaram esquecidas no cenário musical como os grupos “Nenhum de Nós” e “A-HA’, sem esquecer da presença de Guns´Roses, na época, no topo do sucesso. O Rock in Rio 3, realizado em janeiro de 2001, retornou à cidade do rock, em Jacarepaguá, e além do palco central, organizou tendas de discursos e apresentações paralelas, contou com a presença de Iron Maiden, James Taylor, Sting, Pato Fu, IRA, Barão, Daniela Mercury, entre outros.
Depois de 2001, duas edições do Rock in Rio foram realizadas em Liboa. Na primeira década do século XXI, fiocu a torcida para que o Rock in Rio voltasse a ser carioca, numa cidade que sediou o PAN, será uma das sedes da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.
UA-98132943-1