Stock Car


Stock Car é uma competição de carros multimarcas de categoria Turismo.

O primeiro Campeonato de Stock Car no Brasil aconteceu em 1979. A primeira corrida foi no autódromo do Tarumã, no Rio Grande do Sul. Da competição participaram 19 Opalas com motor de 6 cilindros. Affonso Giaffone foi o vencedor da primeira corrida e Paulo Gomes o campeão do primeiro Campeonato.

Desde então, todos os anos o campeonato acontece, passando por autódromos do país todo. Algumas corridas foram realizadas em outros países, como Portugal (Estoril - 1982), e na Argentina (2005-2006).
Ocorrem constantes mudanças nas regras da competição, sobretudo no que diz respeito aos carros.

A Stock Car Brasil, como é chamada atualmente, utilizará três marcas diferentes de carro no Campeonato: Chevrolet Astra Sedan, Mitsubishi Lancer e Peugeot 307.

Todos eles têm características em comum: os modelos têm motor V8, potência de 450 cavalos a 6.000 rpm, pneu radial (Goodyear), suspensão independente nas quatro rodas, e devem ter peso mínimo, incluindo o piloto, de 1250 kg, entre outras características.

Em 1996 estreou a Stock Car Light, categoria criada com o objetivo de dar acesso a novos pilotos. Nessa categoria, os motores também são V8, porém, com menor potência (350 cavalos).

Em 2006 foi criada a categoria Stock Jr. para receber os pilotos vindos das categorias de base como o Kart, experientes, mas não profissionais. Nessa categoria os motores são da marca Yamaha (130 cavalos).

O patrocínio de grandes empresas, desde 2007, fez com que a premiação no campeonato girasse em torno de R$ 3,5 milhões. Na temporada de 2008 pela primeira vez, haverá uma corrida que valerá um prêmio de R$1 milhão.

Outra novidade para a temporada de 2008 é a diminuição de participantes por motivo de segurança. Agora serão 34 carros no grid, e não mais 38.
O maior vencedor da história da Stock Car foi Ingo Hoffmann. Ele foi Campeão da Stock Car por 12 vezes.

Em toda a história da Stock Car, foram 3 pilotos mortos: Zeca Gregoricinski (1985), Laércio Justino (2001), Rafael Sperafico (2007). Em 2003, um fotógrafo em posição irregular perdeu a vida ao ser atropelado por um dos carros da competição.

Nenhum comentário